sábado, 1 de dezembro de 2012

Sonho com o dia em que serei indiferente, totalmente apática.
Só assim deixarei de chorar por você.
Ouvirei seus lamentos, suas alegrias e esboçarei um sorriso apenas para parecer solidária.
Depois vou jogar tudo no lixo e rir da primeira piada que me contarem esquecendo-me completamente suas palavras, não sendo nunca mais nocauteada por elas. Um dia, quando esse meu sonho se realizar, você não vai mais pesar sobre mim.